Medidor de Vazão Portátil

A partir de pesquisas de mercado a Eletroeste constatou a necessidade de investir em um equipamento que viesse auxiliar aos agricultores no controle de água e energia elétrica em suas lavouras para otimizar custos e desperdícios dessa natureza.

O sistema de irrigação nas lavouras de arroz é um fator fundamental para o cultivo e bom crescimento do grão, é responsável pelo fornecimento controlado de água na quantidade correta e no momento certo. Este sistema depende de outros sistemas como o sistema de bombeamento, o sistema de distribuição (canais de irrigação, tubulações), o manejo da água realizado por pessoas (aguadores). Estes sistemas podem apresentar problemas como: defeito no sistema de bombeamento (falhas de projeto, equipamento obsoleto ou com problemas em seu funcionamento), mau manejo da água, tudo isto ocasiona na diminuição da água necessária para o grão.

O Medidor de Vazão Portátil vem como ferramenta para identificar o ponto “fraco”, e auxiliar os agricultores nos sistemas de irrigação nas lavouras de arroz, ajudando a controlar a quantidade de água necessária a ser liberada pelos levantes hidráulicos para determinada área de plantio.

Medição das variáveis feitas

  • Vazão;

  • Velocidade da água;

  • Calculo de vazão em relação à área de plantio;

O Medidor de Vazão Portátil é diferenciado das demais opções de equipamentos do mesmo segmento de medição de vazão, por ser portátil e de fácil instalação.

Abaixo alguns exemplos de situações em que o medidor pode ser utilizado

  • Para 100 quadras plantadas, a medição indica uma vazão de 420 l/s, então temos a relação de 4,2 l/s/qua (litros/segundos/quadra), e que neste caso seja demais, então a rotação da bomba de irrigação deverá ser ajustada para que a vazão chegue aproximadamente a 340 l/s, com este ajuste gerando economia de energia e água.

  • Em uma medição de velocidade 2,5 m/s, que é considerada alta, haverá desperdício de energia para vencer o atrito da tubulação, então este sistema de bombeamento deverá ser ajustado para uma velocidade menor do que 2m/s.

  • Possibilita o acompanhamento continuo do sistema de bombeamento no final de cada safra, o volume de água que foi utilizado na lavoura visando eventuais ajustes necessários no levante hidráulico de acordo com a variação sofrida pela diminuição ou o aumento do nível da barragem ou rio.

Eletroeste Materiais Elétricos & Tecnologia e Automação

A energia que você precisa!          

Uruguaiana - RS - Brasil

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram